GRANDE ROTA DA RIA DE AVEIRO


DESPERTE OS SEUS SENTIDOS

Abrangendo um conjunto de onze concelhos - Águeda, Albergaria-a-Velha, Anadia, Aveiro, Estarreja, Ílhavo, Murtosa, Oliveira do Bairro, Ovar, Sever do Vouga e Vagos - o território da Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro apresenta caraterísticas diferentes e únicas, comparativamente a outras regiões do país.

Há, porém, uma formação, que devido à sua dimensão e diferenciação geomorfológica com o restante território nacional, marca fortemente toda a região: a Ria de Aveiro.


A Ria de Aveiro é a unidade territorial mais extensa e mais marcante de toda a região, visto que interrompe a uniformidade de uma faixa costeira que, com o seu largo areal apoiado por uma extensa zona dunar revestida por um denso e coberto arbóreo, se estende de Esmoriz ao Cabo Mondego. A Ria de Aveiro quebra esta monotonia, criando duas estreitas faixas arenosas e dunares, que são antecedidas do lado continental por espelhos de água e canais aquáticos, que no seu conjunto formam um ramificado labirinto hídrico que penetra profundamente para nascente.


UM ECOSSISTEMA ÚNICO NO PAÍS


A Grande Rota da Ria de Aveiro define-se como sendo um percurso de longa rota, com quase 600km de extensão total, que se divide em três percursos independentes. Através da diversidade de ambientes presentes em todo o território, cada itinerário tem as suas próprias caraterísticas, as suas próprias valências e o seu selo próprio que o distingue dos outros. Estando todos ligados entre si, facultam a realização de atividades paralelas de pedestrianismo, cicloturismo ou náutica. A Grande Rota da Ria de Aveiro assume um papel fundamental na promoção da biodiversidade da região, da sua fauna e da sua flora. A relevância dos seus valores naturais permitiu a atribuição de várias classificações nacionais e internacionais que visam a salvaguarda da sua conservação, como Sítio de Interesse Comunitário (SIC) e Zona de Proteção Especial (ZPE). Foi classificada ainda como Important Bird Area (IBA) pela Birdlife International e pela SPEA, e designada como biótopo CORINE e a Reserva Natural das Dunas de São Jacinto.


Unindo o mar à terra, com a sua diversidade de habitats - alguns destes têm aqui a sua maior expressão a nível nacional - a Grande Rota da Ria de Aveiro é uma oportunidade de conhecer um espaço territorial rico: propondo pontos de interesse relevante o que diz respeito à preservação da Natureza.

6 visualizações0 comentário