top of page

Roubos: 10 dicas para proteger a sua bicicleta dos larápios



COMO PROTEGER A BICICLETA


10 DICAS PARA PROTEGER A SUA BICICLETA DOS 'AMIGOS DO ALHEIO'


O ciclismo tem vindo a crescer com um boom justificado há anos porque simplesmente encaixa perfeitamente nos nossos tempos. Hoje, é muito mais do que apenas um desporto fascinante e meio de transporte amigo do ambiente. Andar de bicicleta tornou-se numa cultura próspera pela própria diversidade das pessoas. Tanto os jovens criadores de tendências como os adultos na idade de ouro estão atentos e apreciam novos meios de transporte descomplicados de usar, desprendidos de premissas e digitalmente inovadores. Estamos a criar e a assistir a uma pequena revolução na mobilidade onde se destacam os apoios estatais como é o caso do Incentivo do Fundo Ambiental.



1. Proteja a sua bicicleta com 2 tipos de cadeados

Habitualmente, os amigos do alheio têm 'especialização' num tipo de cadeado. Ao utilizar 2 cadeados, por exemplo - um cadeado de corrente e outro cadeado de roda - está imediatamente a redobrar a segurança da sua bicicleta e a reduzir para metade o interesse na bicicleta porque, muito simplesmente, com o quadro e uma roda bloqueada, vai dar demasiado trabalho roubar a bicicleta.



2. Prenda a sua bicicleta a um objeto fixo

O princípio é simples: quando maior for o objeto fixo a que prender a sua bicicleta, maior é a segurança da sua bicicleta.. lembre-se: os 'amigos do alheio' procuram sempre as bicicletas mais vulneráveis e fáceis de furtar! Se a sua estiver presa a um objeto grande, mais rapidamente perdem o interesse nela.



3. Prenda no tubo superior da bicicleta

Ao prender o cadeado numa parte da sua bicicleta junto ao chão, a bicicleta fica numa posição mais propícia a 'puxões' violentos que podem danificar as rodas ou o próprio quadro. Ao optar por prender o cadeado numa parte superior do quadro da bicicleta, o furtador sabe que vai precisar de todas as forças e, mesmo assim, provavelmente não vai conseguir libertar a bicicleta do cadeado.



4. Envolva o cadeado ao quadro e à roda traseira

Mais uma vez, o interesse em proteger a bicicleta significa que quanto mais 'trabalho' der ao larápio, menor vai ser o interesse dele em furtar a sua bicicleta. Regra de ouro: nunca prenda o cadeado à roda dianteira pois é muito fácil de retirar..!



5. Estacione sempre num local movimentado

Os amigos do alheio não gostam de ser observados. O estacionar a sua bicicleta em locais movimentados, com muitas pessoas, está a beneficiar da segurança gratuita providenciada pelos transeuntes que não dão privacidade ao larápio.



6. Não estacione a bicicleta sempre no mesmo local

Longe da vista, longe do coração: ao estacionar a bicicleta em locais diferentes evita os interesses alheios na sua bicicleta, dispensa a atenção e confunde as ideias e os planos de quem os está a elaborar..



7. Use o cadeado mesmo em casa ou na garagem

A verdade é que a maior parte dos furtos de bicicletas acontecem nas garagens.. habitualmente os portões de garagem têm sistemas de fechadura muito simples e o próprio ambiente da garagem é o mais propício à atividade 'pirata'. As garagens comuns são as mais apetecíveis pois têm as condições ideais para entrarem na cave e, silenciosa e despercebidamente, arrombar a fechadura para lhe roubarem a bicicleta. A última coisa que esperam é, precisamente, dar de caras com uma bicicleta dentro da garagem.. com cadeado e presa a algo fixo!



8. Faça manutenção à fechadura

Umas gotas de óleo ou um pouco de spray lubrificante multiusos é o suficiente para evitar oxidação dos componentes do cadeado que podem encravar ou dificultar a abertura ou trinco do cadeado.



9. Registe a sua bicicleta

Depois do mal feito, este é seu último recurso: anote informações importantes como número do quadro da bicicleta, o número de série da fechadura, o número da chave e eventualmente chip de identificação antifurto. As autoridades vão pedir-lhe este tipo de dados para validar a sua propriedade, além de, obviamente, a prova de compra.



10. Nível de Segurança AXA: de 1 a 15

A AXA utiliza uma escala de 1 a 25 para classificar o nível de segurança dos cadeado de bicicleta. A escala vai desde o básico (1) à máxima segurança (25) e existem vários cadeados disponíveis em cada categoria:


NÍVEL DE SEGURANÇA AXA Nível Básico 1 a 6: proteção contra roubo em zonas de baixo risco ou quando estacionar a bicicleta por um curto período de tempo. Os cadeados desta categoria destinam-se a bicicletas para crianças, como meio de dissuasão secundário ou como acessório. Nível Médio 7 a 10: os cadeados deste nível são adequados para bicicletas estacionadas em locais públicos com circulação de pessoas como escolas, estações ou ruas movimentadas. Nível Alto 11 a 15: correspondente à linha de alta segurança para bicicletas, estes cadeados de proteção máxima são os mais robustos e incluem fechaduras com cilindros invioláveis até com spray de gelo. Escolha sempre cadeados deste nível para assegurar máxima proteção da sua bicicleta.


Na escolha de um cadeado, faça a sua escolha ponderando os seguintes fatores:


- Qual é o tipo de bicicleta que tem? - Qual é o valor da bicicleta? - Estaciona no centro da cidade ou em locais rurais? - Quanto tempo deixa a bicicleta estacionada? Quando conseguir equilibrar estes quatro fatores, poderá decidir qual o cadeado de bicicleta que precisa. Conselho: considere um cadeado de bicicleta como um investimento em vez de uma despesa.


9 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page